fbpx
Material sobre Brainspotting para Terapeutas

Material sobre Brainspotting para Terapeutas


Livros de Brainspotting:





Imersão Um Romance Terapêutico

Amanzon
Submarino
Americanas
Livraria Travessa




Materiais de Suporte


Caixa de som bilateral para estimulação auditiva

Amanzon (preta)
Submarino (cinza)
Americanas (cinza)



Ponteiras Grossas entregues no Brasil por vendedores internacionais:


Vídeos Relevantes:




Artigos e Textos:


Português:


BRAINSPOTTING: UMA NOVA ABORDAGEM PSICOTERÁPICA PARA O TRATAMENTO DO TRAUMA
Cíntia Fuzikawa. Revista Debates em Psiquiatria – Mai/Jun 2015


PARECER Nº 01/2019 EMENTA: BRAINSPOTTING. MÉTODO. PSICOTERAPIA. ORIENTAÇÃO. PSICOLOGIA
Vitor Barros Rego. Conselho Regional de Psicologia do Distrito Federal – CRP 01/DF


Traduzidos para o Português


BRAINSPOTTING: RECRUTANDO O MESENCÉFALO PARA ACESSAR E CURAR MEMÓRIAS SENSÓRIO-MOTORAS DE ATIVAÇÃO TRAUMÁTICA
Frank Corrigan, MD, David Grand, PhD
. Medical Hypotheses (2013)
Traduzido por Patrícia Mattos, revisado por Cíntia Fuzikawa, com autorização dos autores.


UM ESTUDO PRELIMINAR DA EFICÁCIA DO BRAINSPOTTING – UMA NOVA TERAPIA PARA O TRATAMENTO DO TRANSTORNO DE ESTRESSE PÓS-TRAUMÁTICO
Anja Hildebrand, David Grand, Mark Stemmler. Journal for Psychotraumatology, Psychotherapy Science and Psychological Medicine


Inglês:


BRAINSPOTTING: SUSTAINED ATTENTION, SPINOTHALAMIC TRACTS, THALAMOCORTICAL PROCESSING, AND THE HEALING OF ADAPTIVE ORIENTATION TRUNCATED BY TRAUMATIC EXPERIENCE.
F.M. Corrigan, D. Grand, R. Raju. Medical Hypotheses (2015)


BRAINSPOTTING – THE EFFICACY OF A NEW THERAPY APPROACH FOR THE TREATMENT OF POSTTRAUMATIC STRESS DISORDER IN COMPARISON TO EYE MOVEMENT DESENSITIZATION AND REPROCESSING
Anja Hildebrand, David Grand, Mark Stemmler. Mediterranean Journal of Clinical Psychology MJCP


PERSISTENT GENITAL AROUSAL DISORDER AS A DISSOCIATIVE TRAUMA RELATED CONDITION TREATED WITH BRAINSPOTTING – A SUCCESSFUL CASE REPORT.
Patrícia FM, José FP, de F and Marcelo M. International Journal of School and Cognitive Psychology


TREATMENT OF PANIC ATTACK WITH VERGENCE THERAPY
Merrill D. Bowan, O.D. Journal of Behavioral Optometry


REPORT OF FINDINGS FROM THE COMMUNITY SURVEY SEPTEMBER 2016
Newtown-Sandy Hook Community Foundation, Inc.


DVDs em Inglês com David Grand:




8 de março | Dia Internacional da Mulher

8 de março | Dia Internacional da Mulher

Primeiro gostaria de dizer que me sinto desconfortável de falar de um tema cujo o protagonismo não me pertence. Entretanto, também não me sinto confortável em simplesmente dar os Parabéns às Mulheres, nem tão pouco em ficar calado ao longo de todo o dia.

Eu aprendi com os homens que eu deveria comemorar o 8 de março. Mas aprendi com as Mulheres que essa é uma data que, tanto pode ser questionada, quanto comemorada. Por isso opto por ficar com a reflexão das diferentes falas e posturas que vejo nas Mulheres com que convivo.

Começo então essa reflexão lembrando que muitos se referem a essa data por solidariedade ao massacre de 125 Mulheres queimadas ao serem trancadas em uma fábrica têxtil em NY em 1911 porque lutavam por melhores condições de trabalho. E a proposta de ‘comemoração’ nasce no movimento feminista/trabalhista.
http://www.scielo.br/pdf/ref/v9n2/8643.pdf

Olhando assim, eu vejo uma data que nos demanda o reconhecimento de todo o sexismo perpetrado por uma sociedade machista às Mulheres. E especialmente o reconhecimento da carência de humildade masculina que vivemos para que de fato os diretos se tornem iguais.

Na clínica, eu lido diariamente com mulheres que tiveram sua dignidade e autoestima destruídas não só por traumas perpetrados por homens, mas por pequenos comportamentos e discursos reproduzidos em toda a sociedade. Com os quais continuo lutando diariamente comigo mesmo para parar de reproduzir.

Isso para mim é algo a comemorar!!

  • Comemorar cada pequena reprodução sexista que tomo consciência e paro de reproduzir!!
  • Comemorar cada mudança, cada retomada de protagonismo que percebo nas Mulheres com quem convivo!!
  • Cada direito garantido e respeitado no dia a dia entre as pessoas!!

São coisas a comemorar!!

Para mim, 8 de março é mais um dos dias de exercício e reconhecimento de tudo que ainda temos por melhorar nesse mundo.

Direitos Iguais! Respeito às Diferenças!

 

Gostaria de finalizar agradecendo as Mulheres que que questionaram a respeito desse texto, me ajudando a faze-lo de uma forma melhor. Ani, Larissa e Julie.

JUNHO 2017 – Brainspotting em São Paulo

Não perca a oportunidade de conhecer o Brainspotting, ferramenta que tem sido utilizada com grande sucesso na cura rápida de questões traumáticas do ser.
Temos poucas vagas, portanto marque seu horário pelo telefone (31) 9 8746-4187 (Whatsapp) ou e-mail daniel@gabarra.net.

1
Para informações sobre os cursos e inscrições, clique abaixo e envie-nos uma mensagem direta pelo Whatsapp. Até logo!
Powered by