fbpx
Supervisão Profissional: saiba como potencializar o trabalho do terapeuta

Supervisão Profissional: saiba como potencializar o trabalho do terapeuta

A atuação profissional do terapeuta requer habilidades bem amplas e seus desafios se renovam a cada dia e cliente. Cada caso possui suas peculiaridades e para estar hábito a interpretá-las e compreendê-las é necessário estudo contínuo e um desenvolvimento profissional de altíssima performance.

Toda essa complexidade pode enfrentar diversos aspectos dificultadores, até mesmo para quem atua nessa área há vários anos. Qualquer detalhe diferente pode acarretar em surpresas que desafiam nossos próprios conhecimentos, sendo necessário, então, a expansão rotineira dos trabalhos desenvolvidos.

Além disso, em determinadas situações, nossos atendimentos podem ser encaminhados, por diversos aspectos, a caminhos que esbarram em nossas próprias questões internas. E isso não é algo fora do normal, afinal, apesar de sermos profissionais da área, também somos seres humanos e, assim, possuímos nossos questionamentos a serem solucionados.   
   
Tudo isso implica na necessidade de possuirmos um olhar externo para nos ajudar com nós mesmos e com a situação profissional envolvida. E, assim, nos conduzir a boas oportunidades de nos encontrarmos com nossos aspectos psicológicos e potencializar, ainda mais, o nosso conhecimento profissional. 

Esse olhar externo pode ser obtido por meio da supervisão profissional, que é realizada por especialistas capacitados para ampliar o entendimento dos processos internos e relacionais envolvidos no trabalho terapêutico e levá-los a um nível mais profundo.

E é nessa ferramenta profissional que eu também atuo! Aqui, em nosso consultório, oferecemos esse serviço e os dividimos em quatro partes: a Supervisão de RolePLay, Supervisão Teórica, Grupo de Supervisão Online Assíncrona (EAD) e Grupo de Supervisão Presencial.

Supervisão de RolePLay 

Essa supervisão pode ser realizada de forma presencial ou online e tem sua base histórica no Psicodrama, entretanto, pode ganhar novos significados quando relacionados ao Brainspotting ou EMDR.

Além disso, ela se baseia no entendimento de que, por meio da autorregulação subcortical, compreendemos que a relação terapêutica abrange todo um processo de comunicação e na ajuda que vai além da racionalidade dos envolvidos. Assim, elevamos a qualidade do trabalho do profissional, deixando o cérebro agir acima das percepções do consciente e da comunicação verbal e racional.

Supervisão Teórica

Este modelo é o mais tradicional de discussão de caso. Nele, basicamente, ocorrem os olhares e percepções externas que, com base no conhecimento do supervisor, potencializa o trabalho e ajuda o profissional a identificar as soluções e problemas relacionados ao caso.

Assim, o terapeuta tem suas habilidades expandidas e, com base no Brainspotting, EMDR e outras metodologias, consegue dar prática aos resultados desejados pelo paciente em questão. Este tipo de supervisão pode ser realizada, também, de forma presencial ou online, se adequando às necessidades de cada profissional.

Grupo de Supervisão Online Assíncrona (EAD)

Este é o trabalho mais inovador e foi desenvolvido para expandir e facilitar o acesso aos processos de supervisão. Neste grupo, existem duas formas de participar:

Participante assinante: nesta, você contribui com uma quantia mensal e acompanha o debate de, no mínimo, dois casos por mês, podendo fazer suas colocações e contribuições, além de apresentar dúvidas sobre os ocorridos em cada situação.

Além disso, você passa a ter acesso ao banco de dados de casos já apresentados anteriormente pelo grupo, ou seja, cria possibilidades reais de ver uma situação em comum com a buscada e, assim, encontrar resultados ou gatilhos que possam te levar aos, então, buscados. É uma grande oportunidade de estudo a partir da prática clínica!

Supervisionando: aqui, você tem a possibilidade de apresentar um caso para que ele seja debatido e enriquecido com os argumentos e experiências de todos do grupo e do próprio supervisor. Geralmente, este tipo de supervisão é contrata de forma específica para situações distintas do dia a dia terapêutico.

Grupo de Supervisão Presencial  

Neste tipo de supervisão você é quem dita o ritmo. Ela pode ser feita dentro do processo de RolePLay ou Teórico e leva ao profissional novas perspectivas sobre a aplicação terapêutica, podendo gerar insights para atendimentos mais complexos ou fora da área de domínio absoluto do teraputa.

O profissional pode montar o seu próprio grupo a ser supervisionado e levantar todos os aspectos relacionados ao seu caso e circunstâncias que o envolve.

De fato, quando se busca a expansão do conhecimento, todos têm a ganhar. E se você se interessou por algumas das formas de supervisão, basta acessar o link para conhecer um pouco mais e descobrir como potencializar o seu trabalho: https://bit.ly/2Kx2Xsk. Vamos conversar?

Os resultados da terapia na sua vida e rotina

Os resultados da terapia na sua vida e rotina

Muito se diz sobre a terapia e seus resultados e, apesar de seus amplos efeitos – podendo atingir de formas diferentes pessoas distintas, é possível identificar como os processos terapêutico podem influenciar na vida e rotina de quem faz esse tipo de acompanhamento.

Fato é que os métodos terapêuticos, especialmente os mais modernos como o Brainspotting e o EMDR, podem proporcionar resultados surpreendentes e se aplicam de forma direta em nosso dia a dia. E nem é necessário ir muito longe para notar esses efeitos, basta fazermos uma observação a respeito das pessoas e situações da nossa rotina. 

Bem-estar psicológico 

Com a terapia, podemos nos conectar com o melhor de nós mesmos. Traumas, neuroses, pensamentos negativos e vários outros aspectos relacionados à mente podem ser processados e ressignificados a partir dos métodos terapêuticos. 

Sabem aquela sensação de não gostar mais de coisas e pessoas que antes representavam sentimentos bons? Não sentir vontade de praticar atividades que eram habituais na nossa rotina e que nos davam prazer? Tudo isso, além de vários outros pensamentos e sensações podem estar relacionados a disfunções psicológicas, como a depressão, por exemplo, e essas situações podem ser revertidas, e ter ajuda é fundamental. 

A partir das análises realizadas por profissionais, pode-se encontrar as causas e as soluções para que esses sentimentos sejam remodelados e, muito além dessas melhorias, é possível potencializar outros aspectos bem importantes da nossa saúde, como:

  • Humor;
  • Disposição;
  • Autoestima; 
  • Paciência;
  • Segurança;
  • Atenção.

Bem-estar físico      

Além de promover melhorias nesses aspectos, os efeitos positivos da terapia podem abranger o nosso bem-estar físico. Isso mesmo, com a prática terapêutica você pode, por exemplo, realizar tarefas que antes eram impraticáveis, como dirigir, ir a locais com altura elevada e etc.

Desde ações simples do nosso cotidiano às mais complexas: o que acontece em nosso cérebro pode impactar diretamente no nosso corpo, e estar em plenitude com o nosso bem-estar é estar conectado, também, com nós mesmos. 

No caso de um atleta de alta performance que esteja passando por um momento técnico de baixo rendimento ou que não consiga realizar movimentos específicos, a terapia pode ajudar a reorganizar suas redes de memória ou suas estruturas mentais que influenciam no nosso desempenho físico e, assim, potencializar nossas práticas e, consequentemente, devolvê-lo ao ápice de suas habilidades.

Que tal trazer esses resultados positivos para a sua rotina? Todos merecemos o melhor de nós mesmos. E alcançar o ápice da nossa qualidade de vida pode ser possível. Acesse o link, entre em contato e descubra como potencializar o seu melhor. E sim, você pode: www.danielgabarra.com.br

Manejo Clínico em Brainspotting: da técnica à abordagem

Manejo Clínico em Brainspotting: da técnica à abordagem

Redirecionando...

 

Manejo Clínico em Brainspotting: da técnica à abordagem com Daniel Gabarra

 

O Manejo Clínico é sempre um desafio no aprendizado do Brainspotting.

 

A mudança de paradigma é tão intensa que fica difícil absorver sem um estudo mais aprofundado, e com profissionais qualificados.

 

quero em inscrever

 

Venha participar desse cursos para ver e aprender formas mais abrangente de olhar para o Brainspotting e sua aplicação, levando seu conhecimento para além da técnica e metodologia. Transformando o Brainspotting em um verdadeiro eixo da sua prática Clínica.

 

Conteúdo Programático
• Como usar a fundamentação Neuro-científica na Clínica
• A boa intervenção em Brainspotting
o Grounding / Continência
• Como sair da janela de tolerância
o Intervenção saca rolha
• Recursos para enceramento da sessão
• Auto Brainspotting
• Vivências de atendimento clínico
• Supervisão de Role Play

 

quero em inscrever

 



Caso não visualize o formulário corretamente, abra direto por esse link: http://bit.ly/BSPqw
Por que precisamos equilibrar o lazer e o trabalho?

Por que precisamos equilibrar o lazer e o trabalho?

Qual é o seu equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional? Você sabe quantas horas são usadas para desempenhar suas atividades de trabalho e quantas são para seu descanso e diversão? Se não, saiba que é importante ter essa organização, ela faz bem para nossa saúde física e, ainda mais, para o nosso bem-estar mental.

Por mais que pareça impossível nos dias atuais, precisamos ter a convicção de que, além de merecermos, precisamos ter uma vida ativa fora do aspecto profissional. Não podemos nos resumir em ir ao trabalho, não ter hora para encerrar e ir para casa dormir para no outro dia recomeçar tudo de novo.

Isso torna a rotina exaustiva, exaurindo nosso corpo e nossa mente, criando uma relação negativa com os acontecimentos que se tornam comuns e podendo até, em alguns casos, comprometer a forma como nos relacionamos com os outros indivíduos ao nosso redor.

Descubra o que te faz bem 

Você já sabe o que faz bem para você? Quais atividades, hobbies, situações, momentos e pessoas? Não importa como ou com quem seja, sinta o que te faz bem e os acrescente ao seus dias. Isso não tem nada a ver com “perder tempo” ou se “dar ao luxo de poder”, tem a ver com o seu bem-estar e a sua felicidade.

E, além disso, seus bons momentos não podem ser relacionados à “fuga da rotina”, afinal, o que os impedem de fazer parte do seu dia a dia? Existem, de fato, empecilhos? Então saiba entender quais são suas prioridades: você prefere viver o que te faz bem ou conviver com a ideia de que você não merece ou não pode? 

Não deixe, também, os seus medos serem maiores que seus desejos. Tente entendê-los e equilibrá-los junto aos seus anseios. A causa dos medos podem ser variadas e as consequências também, compreendê-los, entretanto, é a solução mais assertiva para que eles não se transformem em “travas” e empecilhos que possam ser evitados.     

Por isso, a rotina não pode se dispor apenas de horas trabalhadas, trânsitos, filas e outras ações que se tornaram comuns no dia a dia do século XXI. Acrescente o que te faz bem a ela.

Mais lazer = Maior produtividade no trabalho  

Claro, a vida também não pode ser feita exclusivamente de momentos de lazer, é importante mantermos uma boa relação profissional, e isso é muito saudável. Sentir prazer nas funções desempenhadas é fundamental para que o nosso trabalho se torne menos exaustivo, mas nem sempre conseguimos fazer o que desejamos profissionalmente. Por isso, existem algumas táticas que são bem assertivas para quem ainda não encontrou a “profissão tão sonhada”. 

O ambiente de trabalho diz muito sobre como os nossos dias poderão ser. Leve um pouco do seu aspecto pessoal para seu escritório, sala ou consultório. Pode ser um quadro ou qualquer objeto que lhe remeta às energias positivas e boas lembranças.

Viva os dias com mais leveza, entenda os seus colegas de trabalho, crie boas relações e fique aberto para, quem sabe, boas amizades. Essas pequenas ações são bem eficazes para que o seu trabalho possa te fazer bem.

Tudo isso, junto ao equilíbrio entre trabalho e lazer, poderá potencializar o seu rendimento profissional e melhorar sua relação com as pessoas da sua vida, além de levar mais saúde psicológica e física para os seus dias. 

Parece impossível, mas você pode alcançar tudo isso. E não precisa ser sozinho! Existem processos terapêuticos que o auxiliam nestas conexões e trilham uma busca saudável por esse objetivos. Para isso, basta acessar o link e entrar em contato para agendar uma conversa. É hora de potencializar sua qualidade de vida: www.danielgabarra.com.br.

Open chat
1
Para informações sobre os cursos e inscrições, clique abaixo e envie-nos uma mensagem direta pelo Whatsapp. Até logo!
Powered by